Heidfeld fica surpreso com saída de BMW

29 07 2009

Heidfeld (BMW) contornando a curva de Sepang 2009

Nick Heidfeld, no GP da Malásia 2009

O piloto alemão Nick Heidfeld, da BMW Saber, mostrou-se surepreso com o anúncio feito que sua equipe atual deixaria a Fórmula 1. Heidfeld esteve em todas as 63 corridas disputadas pela equipe até o momento. prometeu lutar para fechar a temporada o melhor que puder e, sobre seu futuro profissional, disse que manterá as correspondentes conversas sob as novas condições.

“A decisão da retirada da BMW da Fórmula 1 é absolutamente inesperada para mim. Lamento especialmente pela equipe e pelos companheiros que trabalharam durante anos no desenvolvimento do projeto”, disse o piloto.

A direção da BMW anunciou seu abandono da Fórmula 1, diante da evidência de que não conseguiu os objetivos a que aspirava nesta categoria do automobilismo, e alegou motivos ecológicos em sua decisão.

“É um passo consequente com nossa nova estratégia, que se define em um reforço da sustentabilidade e da ecologia, no que queremos ser modelos”, disse o presidente da BMW, Norbert Reithofer.

A escuderia, que, além de Heidfeld, tem como piloto o polonês Robert Kubica, tinha fixado como objetivo lutar pelo título mundial, mas está em oitavo na classificação por equipes da Fórmula 1.

Anúncios