Brawn defende testes de novatos antes da estréia

7 08 2009

Ross Brawn, defende uma mudança nas regras da F1, o dono da Brawn Gp aprova pelo menos que os novatos tenham um contato com o carro antes mesmo de estréiar

“Sempre precisamos levar em conta a complexa natureza da F-1. Precisamos fazer isso de forma que o piloto, particularmente um iniciante, tenha uma chance de testar o carro antes do fim de semana de corrida para que ele possa pilotá-lo com o conforto necessário”, afirmou.

Ross classificou o trabalho do jovem Alguersuari na Hugnria como excelente mas ele acha melhor não esperar que isso ocorra

Jaime Alguersuari

Jaime Alguersuari

Anúncios




Brawn pode perder licença de motorista

4 08 2009
Ross Brawn levantando o troféu da 1ª vitória da Brawn GP, no GP da Austrália de 2009

Ross Brawn levantando o troféu da 1ª vitória da Brawn GP, no GP da Austrália de 2009

Ross Brawn, dirigente da Brawn GP, pode perder sua licença de motorista no Reino Unido. O dirigente é acusado de dirigir a 100 mph (equivalente a 160 km/h) numa via britânica, cujo limite é 70 mph (equivalente a 112 km/h).

Brawn foi acusado na última segunda-feira, na Corte Magistral de Plymouth, mas não esteve presente na ocasião porque está em preparação para as próximas corridas da F1, na Espanha e na Bélgica. Seus advogados, porém, conseguiram adiar o processo e o dirigente deve prestar explicações no dia 4 de setembro.

Ross Brawn é ex-engenheiro da Ferrari, foi ser chefe da Honda, que faliu e Brawn a comprou e criou a Brawn GP, líder do campeonato de pilotos (com Jenson Button, 70 pontos) e de construtores (114 pontos).





Barrichello diz que problema com mola começou no treino livre

27 07 2009

O brasileiro Rubens Barrichello, de qual saiu do carro uma mola que atingiu Felipe Massa na cabeça disse que problema com mola começou no treino livre de sábado (3º e ultimo treino livre) para o GP da Hungria.

A peça se desprendeu do carro de Rubinho e voou contra o capacete de Felipe Massa, que perdeu o controle e bateu na proteção de pneus. Massa passou por uma cirurgia para retirada de fragmentos ósseos e segue internado no Hospital Militar de Budapeste.

“A equipe está investigando para tentar investigar o que aconteceu, mas me contaram que o problema começou no sábado de manha”, disse o quarto colocado do campeonato à Folha de S. Paulo.

“A mola foi soltando, soltando, e eu sentia mesmo que meu carro estava balançando, solto demais, até nas retas. Mas em todas as nossas análises não dava pra ver exatamente o que era. Até que ela se soltou de uma vez na classificação e quebrou um pedaço da suspensão”, completou.

Barrichello ainda disse que o incidente mexeu com sua concentração no Grande Prêmio húngaro, no último domingo (26). Ele terminou em décimo e disse que tinha uma sensação estranha quando passava no local do acidente.

“Eu via uma coisa laranja toda vez naquele lugar. Não sei explicar o que era, mas aquele laranja estava lá. A verdade é que em nenhum momento fiquei 100% concentrado, mas não foi essa a causa do meu mau rendimento”, disse.