Brundle condena pacto das equipes contra o Kers

18 09 2009

Martin Brundle, ex-piloto de F-1 e atual comentarista da emissora britânica BBC, condenou o fim do reabastecimento e a intenção das equipes de não utilizarem o Kers a partir da próxima temporada. Para o inglês, isso deixará a categoria “bastante previsível”.

“Há um acordo voluntário entre as equipes para que o Kers não seja utilizado na próxima temporada, então a expectativa sobre as diferenças de desempenho na largada e na primeira curva não vai existir em 2010”, disse.

“As equipes parecem unidas e podem muito bem ter abandonado esta tecnologia muito cedo.”

“A F-1 definitivamente vai perder com o fim do reabastecimento, o que vai acabar com um nível de intriga e de incerteza. Sejamos honestos: de vez em quando há um problema no abastecimento e as equipes podem alterar as estratégias de pit stop, mesmo durante a corrida, com ‘stints’ curtos ou longos.”

“Gosto desta imprevisibilidade. Mas o que veremos na próxima temporada é que todos os carros começarão as corridas com os tanques cheios de combustível, então apenas o motor mais eficiente será capaz de vencer. Estou preocupado: sem o Kers e sem o reabastecimento, as provas de F-1 ficarão bastante previsíveis”, encerrou.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: