Barrichello vence em Monza, Button é o segundo

13 09 2009
A Brawn GP conquistou na Itália a sua quarta dobradinha do ano, mas desta vez a ordem dos pilotos foi diferente. O brasileiro Rubens Barrichello chegou à sua segunda vitória na temporada, e diminuiu de 16 para 14 pontos a vantagem de Jenson Button na liderança do Mundial de Pilotos, faltando quatro provas para o final.

A estratégia dos carros da Brawn de fazer só uma parada deu certo e a dupla superou o pole position Lewis Hamilton, que perdeu a liderança em seu segundo pit stop e ainda rodou na última volta, quando vinha para chegar no pódio. Räikkönen e Sutil também foram duas vezes aos boxes e terminaram em terceiro e quarto, na ordem.

Assim, a Brawn disparou na classificação do Mundial de Pilotos, repetindo as dobradinhas da Austrália, Espanha e Monaco. Além disso, o vice-líder Barrichello abriu 13 pontos de vantagem sobre o terceiro colocado do Mundial, Sebastian Vettel, que não pontuou.

Na largada, Hamilton manteve a liderança, e Räikkönen assumiu o segundo lugar ultrapassando Sutil. Barrichello ganhou uma posição e seguiu em quarto lugar. Logo na primeira volta, na segunda chicane, o australiano Mark Webber, quarto no Mundial de Pilotos, se perdeu e foi para a brita.

Quem mais perdeu posições nas primeiras voltas foi Kovalainen, que caiu de quarto para oitavo lugar. O finlandês terminou em sétimo. Enquanto isso, Barrichello melhorava à medida que o tanque ficava mais vazio, e já aumentava sua vantagem em relação a Button para mais de 3 segundos após 10 voltas completadas.

Após 15 giros, Hamilton foi para os boxes, antes do previsto. Ele adicionou 70 litros, suficiente para mais 20 voltas. No breve pit stop, ele aproveitou para colocar pneus duros. Sutil parou logo depois, seguido por Räikkönen. Rubinho assumia a liderança temporária.

Mas, a esta altura, a diferença de Barrichello para Button já diminuía, com o inglês passando a andar mais rápido. Enquanto isso, na 23ª volta, Vitantonio Liuzzi teve problemas de câmbio e abandonou. O italiano vinha bem e tinha chances de pontuar em sua estreia na Force India. Já tinham saído da prova Jaime Alguersuari e Robert Kubica.

Na volta 28, Button parou e perdeu 27 segundos. Um giro depois, Rubens foi para os boxes e foi um pouco mais rápido que o companheiro. O brasileiro voltou em quarto lugar, quatro segundos à frente do inglês e 15 atrás do então líder Hamilton.

Faltando 20 voltas, Hamilton voltou aos boxes. Rubens Barrichello conseguiu passar antes do retorno do inglês à pista, mas Button também seguiu e assumiu a quarta posição. Räikkonen assumia a liderança, seguido por Sutil.

Na volta 38, os dois foram para os boxes, e Barrichello assumiu a liderança, com Button passando logo atrás, em segundo lugar. Assim, foram definidas as posições do pelotão da frente até o final da prova, não fosse a falha do inglês da McLaren na volta final.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: