Para Ecclestone, indiano merecia vaga na Force India

9 09 2009

Bernie Ecclestone afirmou nesta quarta-feira que está desapontado com o fato de a Force India não ter dado a vaga de Giancarlo Fisichella ao indiano Karun Chandhok, da GP2. A equipe optou por colocar no lugar do italiano, que substitui Felipe Massa na Ferrari, o compatriota Vitantonio Liuzzi. Para o principal dirigente da F-1, o time deveria ter escolhido Chandhok, que compete pelo terceiro ano na GP2. “Estava esperançoso de que Vijav Mallya [dono da Force India] daria uma oportunidade a ele. Estou um pouco desapontado porque ele colocou o italiano. Não sei o porquê de ter feito isso, mas gostaria de ver Karun no carro pelo resto da temporada”, afirmou o dirigente ao “Hindustan Times”. Para Ecclestone, a presença de Chandhok no grid ajudaria a promover o GP de 2011 na Índia. “Precisamos dele na F-1 o mais rápido possível. Ele tem talento e habilidade, então é o caso de alguém fazer isso agora”, disse. Na última temporada, Chandhok chegou a ganhar corridas pela equipe iSport, mas neste ano está com dificuldades na Ocean, conquistando apenas um terceiro lugar em Silverstone, seu único pódio em 2009.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: