Primeira vitória de Robert Kubica

7 08 2009

Robert Kubica venceu sua primeira prova na temporada 2008 de Fórmula 1, realizada em Montreal, no Canadá. Além da vitória, o polonês conquistou a liderança no campeonato. A prova contou com algumas surpresas e foi marcada por dificuldade na curva 10 do circuito, onde o asfalto se soltava. Kubica completou as 70 voltas com o tempo de 1h36m24s447. Depois de 16 segundos, chegou seu parceiro de equipe Nick Heidfeld. A terceira posição do pódio ficou para David Coulthard, da RBR, com a 23s352 de diferença do primeiro lugar.

Curva 10 vinha sendo a dor de cabeça dos pilotos pela sua deteorização

Curva 10 vinha sendo a dor de cabeça dos pilotos pela sua deteorização

Em quarto chegou Timo Glock, da Toyota, seguido de Felipe Massa, que foi prejudicado por uma segunda passagem pelos boxes na primeira metade da prova, por causa de uma falha no abastecimento. Seu ponto alto foi a ultrapassagem sobre Rubens Barrichello e Heikki Kövalainen na curva com a complicação no asfalto. Jarno Trulli, da Toyota, ficou em sexto lugar.

Acidentes

Lewis Hamilton não vê o sinal vermelho na saída dos pits e acerta em cheio a traseira de Kimi Raikkonen

Lewis Hamilton não vê o sinal vermelho na saída dos pits e acerta em cheio a traseira de Kimi Raikkonen

Kubica passou a liderar a prova depois da batida envolvendo Lewis Hamilton e Kimi Raikkonen. Após a entrada do safety-car na pista, provocada pela parada de Adrian Sutil, da Force Índia, Hamilton e Raikkonen passaram pelos boxes. Na saída, o inglês bateu na traseira do piloto da Ferrari, que aguardava a luz verde para entrar na pista. Os dois saíram da disputa, depois de 20 voltas completas. Nico Rosberg também bateu na McLaren de Hamilton, mas continuou a prova depois de trocar o bico do carro.

O espanhol Fernando Alonso, que compete pela Renault, rodou por conta de um problema no câmbio e bateu o carro, a 23 voltas do final. Nakajima, da Williams, perdeu o bico do carro quando estava entrando nos boxes e também abandonou a prova. Fisichella, da Force India, e Nelsinho Piquet, da Renault, também tiveram problemas com o carro e largaram a disputa.

Kubica o vencedor do Grande Prêmio do Canadá de Formula 1

Kubica o vencedor do Grande Prêmio do Canadá de Formula 1

E terminou assim:

1. R. Kubica (POL) – BMW Sauber – 70 voltas em 1h36m24s447
2. N. Heidfeld (ALE) – BMW Sauber – a 16s495
3. D. Coulthard (ESC) – RBR – a 23s352
4. T. Glock (ALE) – Toyota – a 42s627
5. F. Massa (BRA) – Ferrari – a 43s934
6. J. Trulli (ITA) – Toyota – a 47s775
7. R. Barrichello (BRA) – Honda – a 53s597
8. S. Vettel (ALE) – STR – a 54s120
9. H. Kovalainen (FIN) – McLaren – a 54s433
10. N. Rosberg (ALE) – Williams – a 54s749
11. J. Button (ING) – Honda – a 1m07s540
12. M. Webber (AUS) – RBR – a 1m11s299
13. S. Bourdais (FRA) – STR – a 1 volta
14. G. Fisichella (ITA) – Force India – a 16 voltas/rodada
15. K. Nakajima (JAP) – Williams – a 21 voltas/acidente
16. F. Alonso (ESP) – Renault – a 23 voltas/acidente
17. N. Piquet (BRA) – Renault – a 28 voltas/mecânico
18. K. Raikkonen (FIN) – Ferrari – a 50 voltas/acidente
19. L. Hamilton (ING) – McLaren – a 50 voltas/acidente
20. A. Sutil (ALE) – Force India – a 56 voltas/mecânico

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: