Equipes Red Bull também se opõem a teste de Schumacher

3 08 2009

A Red Bull Racing e a Scuderia Toro Rosso recusaram o pedido da Ferrari para permitir que Michael Schumacher testasse um dia com o atual F60, com Dietrich Mateschitz a considerar que o piloto alemão não precisa de testes para regressar à Fórmula 1 dada a sua experiência.

Depois de ver Jaime Alguersuari estrear-se na Fórmula 1 com pouco mais de 19 anos e sem quaisquer testes na modalidade, o patrão das duas equipas da Red Bull manifestou-se contra o teste de Michael Schumacher com um carro de 2009, juntando-se à Williams nessa recusa.

“Nós pedimos permissão para um teste com o Alguersuari antes do GP da Hungria e foi recusado. Por isso, e depois disto, porque é que haveríamos de aprovar uma exceção para um campeão do mundo por sete vezes? Estamos contentes pelo excelente trabalho que o Jaime fez na sua corrida de estreia”, afirmou Dietrich Mateschitz.

Outro dos responsáveis da Red Bull, Helmut Marko, também alinhou pelo mesmo tom, ao dizer que o heptacampeão do mundo não terá quaisquer problemas em adaptar-se ao carro de 2009.

“O Schumacher tem experiência suficiente para ser competitivo com o carro muito depressa. Deixá-lo fazer um teste extra não está no espírito dos regulamentos”, afirmou aquele elemento ao jornal Salzburger Nachrichten.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: