FOM tenta explicar problemas com tempos em treino na Hungria e isenta LG

29 07 2009
Alonso perguntando o tempo de Mark Webber pra ver quem ficou com a pole

Alonso perguntando o tempo de Mark Webber pra ver quem ficou com a pole

A cena de Fernando Alonso saindo do seu Renault e procurando cada adversário com quem disputou o Q3 para tentar descobrir quem ficou com a pole-position no GP da Hungria teve sua causa conhecida nesta quarta-feira (29). Quatro dias após a pane no sistema de tempos durante o treino classificatório em Hungaroring, a FOM, de Bernie Ecclestone, divulgou um comunicado explicando que um cabo danificado fez com que o problema acontecesse.

De acordo com a FOM, o sensor na linha de chegada teve seu cabo de ligação com a central eletrônica rompido, deixando as telas de cronometragem às escuras. A empresa de Ecclestone fez questão de ressaltar, entretanto, que o problema não teve nenhuma relação com a LG, parceira comercial da F1 e responsável por toda a base de dados da categoria.

“Os procedimentos de segurança fizeram com que nenhum dado fosse perdido e os resultados completos do treino fossem reestabelecidos rapidamente”, disse o comunicado oficial da FOM.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: